ROTEIRISTA

EMPREENDEDOR

As Verdades Sobre a Profissão de Roteirista

23.02.2016

 

Escrever um filme de sucesso, ganhar dinheiro, fama e ser reconhecido pelo seu talento, fazendo o que você faz naturalmente. Esse é o sonho de todo roteirista iniciante. Um excelente sonho, diga-se de passagem.

 

O problema é que isso não acontece da noite para o dia, muito menos quando você é um roteirista iniciante. Sabe quantos roteiristas na história conseguiram vender o seu primeiro roteiro? Nenhum. Isso é algo tão raro de acontecer que certamente estaria em todas as mídias de notícias no dia seguinte.

 

A verdade é dura, só que mais vale uma verdade dura do que uma mentira confortável, e nesse ponto é que muitos falham. A verdade é que ninguém vai comprar o seu primeiro roteiro. Nem o segundo. Pra ser completamente honesto, ninguém deveria nem ler os seus primeiros roteiros.

 

Muitos roteiristas pensam que vai ser fácil, mas não é. Pensam que vão escrever um único roteiro e que esse roteiro vai vender. Não é assim que a banda toca. O mercado não funciona desse jeito. Basicamente, para ter sucesso como roteirista, você deve ter uma verdadeira PAIXÃO por escrever e contar histórias, porque você vai ter que escrever MUITO antes de vender seu primeiro roteiro.

 

Você vai trabalhar em uma história por semanas, meses. As vezes anos. E quando estiver pronta, alguém vai ler e dizer que tem muitas falhas, e que você vai ter que voltar e reescrever tudo. É durante esse processo que o iniciante desiste. Ele pensa que vai fazer isso em uma semana. Ele acha que a história já está tão clara na mente dele, que não vai demorar mais do que alguns dias para arrumar. “É só botar no papel”.

 

Aliás, eu escuto muito isso. “Eu tenho um roteiro fantástico. Só falta colocar no papel.”. Isso não é nada mais do que uma idéia esmiuçada. A arte está justamente em traduzir essa história e esses sentimentos em palavras. E se você não é capaz de fazer isso, provavelmente essa não é a profissão certa para você.

 

Os seus primeiros roteiros não são feitos para vender. Eles servem para você aprender a escrever. No terceiro roteiro, você já está bonzinho. No seu quinto roteiro, você começa a descobrir a sua voz e o seu estilo. Como eu canso de falar aqui, todo roteirista deve ter roteiros prontos para servir de portifólio. Algo que você possa enviar sem medo, sabendo que aquilo nunca vai ser produzido. É apenas uma amostra do que você é capaz de fazer. Sua voz, seu estilo, sua capacidade de transmitir emoção, sua compreensão de história, estrutura e formato, como você entende o gênero e a mídia, etc. Esses roteiros são o seu cartão de visitas. Ele devem ser trabalhos fantásticos que demonstrem todo o seu potencial. Por esse motivo, JAMAIS use seus primeiros roteiros como portifólio. Espere até você ter encontrado sua voz e seu estilo antes de sair por aí sujando a própria imagem.

 

O objetivo do roteirista profissional, é que alguém leia os seu portifólio e diga: “Obviamente você sabe o que está fazendo. Nós temos esse projeto em particular e precisamos de um roteirista. É assim que você consegue TRABALHO. Ser pago para escrever e desenvolver idéias de outras pessoas ou empresas.

 

Outra dica muito importante para quem quer ter uma visão séria e real do mercado de roteiro audiovisual é NUNCA use sua idéia genial, seu projeto favorito como tema de seu primeiro roteiro. Não invista seu tempo escrevendo seu épico espacial ou sua aventura medieval porque Ninguém quer ler isso. O mercado regular de cinema e Tv buscam por profissionais capazes de transformar qualquer conceito em uma história envolvente. O que define seu valor como escritor, é sua capaidae de trabalhar idéias genéricas e transformá-las em peças únicas de arte. Só depois que você já tiver conquistado um nome no mercado é que as pessoas vão querer saber o que você realmente GOSTA de escrever.

 

O mercado de roteiro precisa de contadores de história que são fortes em tom, gênero, estrutura, narrativa, conflito, arco dramático e diálogos. Portanto, se você ainda não entende ou ainda não aprendeu esses conceitos básicos, significa que você ainda não está pronto para ser um roteirista profissional. Nesse caso, vai precisar ler, estudar, escrever muito, fazer um curso, assistir a uma palestra, enfim. Precisa de mais conteúdo.

 

A boa notícia é que nenhum caminho é sem saída para quem saba olhar pra trás. Se você ainda não está pronto, se precisa de mais experiência e conteúdo, basta estudar, ler bastante, correr atrás e nunca esperar que os outros façam por você.

Please reload

O MELHOR PONTO DE PARTIDA

PARA NOVOS ROTEIRISTAS

Contato

Av. Bernardo Vieira de Melo, 2143 lj 07 

cxpst 023, Jaboatão dos Guararapes-PE

54410-010

roteiristaempreendedor@gmail.com

  • Branco Facebook Ícone
  • Branco Twitter Ícone
  • Branca Ícone Instagram

© Copyright 2015 Roteirista Empreendedor

Labonia Photo & Video LTDA. - www.roteiristaempreendedor.com

Contato Imprensa e Apoio - roteiristaempreendedor@gmail.com