ROTEIRISTA

EMPREENDEDOR

Quer escrever um Piloto de TV?

30.01.2016

 

Sempre que falamos em Roteiro Audiovisual, sempre pensamos em termos de Cinema e TV. É comum acharmos que ambos são o mesmo bicho, mas ao dar uma segunda olhada, percebemos que são animais completamente diferentes.

 

Por isso aqui vão algumas dicas para te ajudar a entender a diferença entre um roteiro de Cinema e um roteiro de TV.

 

O roteiro de cinema é um Tubarão. Ele chega, dá o bote rápido e vai embora. É direto, sem enrolação. O roteiro de TV é um Cavalo. Ele passa a maior parte do tempo pastando, come devagar e degusta cada mordida.

 

Normalmente, o roteiro de cinema é dividido em três atos. Já o roteiro de TV, depende.

 

Depende de que tipo de TV estamos falando. Hoje em dia o mercado está bastante diverso e pra aumentar suas chances o roteirista precisa focar na sua mídia de distribuição.

 

Quando falamos da indústria de TV Norte Americana, estamos falando de três categorias diferentes e cada uma tem suas próprias características.

 

NETWORK, ou TV ABERTA. Era até poucos anos atrás o formato padrão de TV. Não se podia fugir disso. Hoje, a TV aberta perdeu bastante espaço para outras mídias, como as que vou comentar a seguir. Escrever para a TV aberta é um grande desafio, e você já deve imaginar o por quê. A TV Aberta está sujeita a censura baseada em faixa etária, restrições de temas e conteúdos polêmicos. É por isso que Malhação é o que é, existe pouca liberdade para explorar temas delicados na TV aberta. Seriados de Network, normalmente são leves e com censura 13 anos. É o caso de Friends, Big Bang Theory, Arrow, Flash, Supergirl...

 

CABLE, ou TV A CABO. É uma mídia mais maleável. Permite palavrões, violência, conteúdo adulto, mas tudo sem extrapolar os limites do “bom senso” da TV, ou seja, contanto que não prejudique as vendas do canal. São séries como The Walking Dead, Dexter e Game of Thrones.

 

NETFLIX. Acredite ou não, a Netflix é hoje uma categoria completamente a parte, já que revolucionou a forma como se faz e como se assiste TV. Chega de longas temporadas, divididas em 22, 26 episódios para dar espaço para horas e horas de intervalos comerciais. A Netflix aposta em séries mais enxutas, que possm ser assistidas de uma vez, sem a necessidade de intervalos, já que na Netflix não existem anunciantes.

 

Okay. Você escolheu a sua mídia, fez o seu dever de casa e estudou o conteúdo do seu potencial cliente. Assistiu as séries que foram renovadas, descobriu onde elas acertaram, assistiu as séries que foram canceladas e descobriu aonde elas erraram. É hora de preparar o seu próprio piloto.

 

Para quem não sabe, uma explicação rápida. Piloto é o primeiro episódio de uma série, normalmente usado para vender a temporada para o cliente. Muitas vezes o piloto é exibido para o público, e dependendo da resposta, a temporada é autorizada. Mas na grande maioria das vezes, os pilotos nem chegam a ver a luz do dia. A competição é realmente acirrada e para estar entre os melhores, você precisa ser melhor que eles.

 

A Função do piloto é apresentar o personagem e o universo da série e dar uma visão geral do que o restante da série vai ser. Como você deve ter imaginado, antes de escrever o piloto, você precisa traçar o caminho narrativo da primeira temporada inteira. Antes de escrever o início, você já deve ter planejado o final.

 

Um piloto de TV, Aberta ou a Cabo, seguem a mesma estrutura. Ambos são divididos em uma estrutura de cinco atos, sendo cada quebra de ato referente a um intervalo comercial.

 

Um Piloto para a Netflix, segue a estrutura narrativa de 3 atos do cinema, já que não existe a necessidade de intervalos. Isso transforma um piloto da Netflix quase em um pequeno filme.

 

É importante também pensar na sua temporada completa como um imenso longa-metragem, Longa este que deve ser estruturado como tal, a diferença é que ao invés de cenas, você tem episódios. Veja o exemplo da série Game of Thrones, da HBO. São 10 episódios de uma hora cada, ou seja, 10 horas de narrativa. Basta seguir a proporção de um longa-metragem convencional, de 2 horas aproximadamente. Os três primeiros episódios são o PRIMEIRO ATO, os cinco seguintes são o segundo ato, e os dois últimos, o terceiro ato e o final da temporada.

 

Vou guardar um post mais detalhado sobre a estrutura de cinco atos para a próxima semana, pra não alongar muito esse. Espero que esss dicas te ajudem a planejar o seu piloto de TV.

Please reload

O MELHOR PONTO DE PARTIDA

PARA NOVOS ROTEIRISTAS

Contato

Av. Bernardo Vieira de Melo, 2143 lj 07 

cxpst 023, Jaboatão dos Guararapes-PE

54410-010

roteiristaempreendedor@gmail.com

  • Branco Facebook Ícone
  • Branco Twitter Ícone
  • Branca Ícone Instagram

© Copyright 2015 Roteirista Empreendedor

Labonia Photo & Video LTDA. - www.roteiristaempreendedor.com

Contato Imprensa e Apoio - roteiristaempreendedor@gmail.com