ROTEIRISTA

EMPREENDEDOR

O dia em que a política matou o cinema.

12.05.2017

 

Essa semana, sete realizadores retiraram seus filmes do Cine PE como forma de protesto contra dois outros filmes que supostamente têm ideologias de direita, em uma atitude um tanto quanto infantil, vindo justamente de quem prega a tolerância e a inclusão.

 

Esse boicote fez com que o festival fosse suspenso, pois não há tempo hábil para montar um outro festival em duas semanas.

 

O que isso significa? Significa que os digníssimos colegas pernambucanos pensam que se um ou dois coleguinhas tiverem visões diferentes, então não tem brincadeira. Lembra do menino mimado que subia e levava a bola? Pois é, ele cresceu e agora quer mostrar pro mundo que se não for do jeito dele, ninguém brinca.

 

Dizer que o cinema não é político é uma mentira, mas dizer que o cinema SÓ é político é uma mentira maior ainda. O cinema SEMPRE foi político, assim como todas as formas de arte. São as expressões dos valores e das visões do artista que ressoam em outras pessoas, de modo que não existe uma "posição política oficial" do cinema, pois cada filme é reflexo de seu criador.

 

Ora, dentro do cinema americano temos grandes exemplos de como a política reflete nas telas. Durante muito tempo os vilões eram os nazistas, depois foram os russos, vietnamitas, coreanos, e hoje em dia, o vilão da vez é o árabe. Se isso não for reflexo de uma visão política, eu não sei o que é. E os famosos filmes pro-guerra, que são feitos com o intuito único de promover a noção de que é heróico e honrado morrer pelo seu país.

 

Só que para todo American Sniper, existe um A Vida é Bela e essa é a beleza da arte, ela existe para todos e cada um consome o que quer e como quer.

 

Eu desafio a todos os que lêem esse artigo que imaginem a situação reversa, se sete produtoras retirassem seus filmes e cancelassem um dos maiores festivais do país em protesto ao filme do Lula, O filho do Brasil. Entende o que eu quero dizer? isso seria visto como a censura de uma direita intolerante e dominadora que não suporta uma opinião que desafie o que ela acredita ser o status quo.

 

Vou deixar isso no ar um pouco.

 

Filmes não são excludentes. Eu posso assistir e apreciar os dois como obra cinematográfica. Sabe por que? Porque sou uma pessoa pensante e os valores da minha vida não vêm do cinema, nem de documentários. Filmes são só algo que eu assisto esperando encontrar aquele que vai se conectar comigo emocionalmente e quando eu encontro, sigo em frente para procurar o próximo. Filmes não moldam a minha vida nem o meu caráter. filmes abrem minha cabeça para aceitar novas perspectivas.

 

Eu aposto que todos os cineastas de esquerda que retiraram os seus filmes criaram seus filmes buscando comunicar uma visão única e particular, na esperança de que uma pessoa possa, experimentar aquela emoção e sentir um novo ponto de vista por um breve intervalo. A intenção do artista é converter a audiência a pensar como ele, a experimentar o mundo pelo seus olhos.

 

Mas no momento que você não permite que os que pensam diferente tenham o mesmo direito de expressão, você perde todo o argumento artístico que fez você fazer o filme primeiramente. Se o filme dele ressona com o público, isso não tem nada a ver com você. Isso não invalida seu filme e isso não vai fazer o público ter que escolher.

 

Isso porque quem vai pro Cine PE quer ver cinema. Quem vai pro Cine PE quer ver Arte. Não é por que uma pessoa gosta de filmes de terror que ela odeia comédias românticas. Não é por que um cara viu um filme sobre o Olavo de Carvalho que ele não vá se emocionar com o seu filme.

 

Pensava em fazer um filme sobre o período da monarquia, será que meu filme vai ser rotulado como "filme de direita" por esses cineastas? Será que eu estarei fazendo propaganda política e influenciando o público a gritar #VoltaMonarquia?

 

Isso realmente me deu vergonha alheia, pois sou pernambucano e inclusive conheço alguns dos cineastas que participaram do boicote, mas me parece que buscam visibilidade através da polêmica, e não através do conteúdo, pois graças a eles, ninguém mais vai ver porra nenhuma. Não é legal? não é essa a melhor maneira de brigar por justiça social?

 

E você? Concorda com o boicote? Qual a sua opinião? Deixe seu comentário aqui ou junte-se ao debate na nossa FANPAGE.

 

Please reload

O MELHOR PONTO DE PARTIDA

PARA NOVOS ROTEIRISTAS

Contato

Av. Bernardo Vieira de Melo, 2143 lj 07 

cxpst 023, Jaboatão dos Guararapes-PE

54410-010

roteiristaempreendedor@gmail.com

  • Branco Facebook Ícone
  • Branco Twitter Ícone
  • Branca Ícone Instagram

© Copyright 2015 Roteirista Empreendedor

Labonia Photo & Video LTDA. - www.roteiristaempreendedor.com

Contato Imprensa e Apoio - roteiristaempreendedor@gmail.com