ROTEIRISTA

EMPREENDEDOR

7 empregos diferentes para cada tipo de roteirista.

07.07.2017

 

Alguns roteiristas são mais criativos, outros são viciados em formatação, seja qual for a especialidade, existe um emprego que você pode fazer dentro do mundo mágico do audiovisual. O triste é que poucos cursos e faculdades realmente falam sobre isso. Se você é estudante,  peça para o seu professor lhe passar essas informações, caso queira se aprofundar mais no assunto. Se você é professor, ensine isso para os seus alunos. Mostre a eles que existem outras opções por aí além de roteirista, dependendo da especialidade de cada pessoa. Hoje vamos ver quais são algumas das funções que você pode exercer em uma produção e o diferencial de cada uma.

 

1. REVISOR

Você não precisa ter um conhecimento profundo de narrativa cinematográfica, nem de formatação de roteiro além do básico, o que você precisa é de ORTOGRAFIA E GRAMÁTICA impecáveis. O revisor vai ler o roteiro procurando por pleonasmos, redundâncias narrativas, erros de digitação e de concordância. Ele é o seu PROFESSOR DE PORTUGUÊS. Se você domina o seu idioma, você pode trabalhar como revisor freelancer ou ser contratado por uma produtora, ou por um CONJUNTO de roteiristas. O Revisor não é um cargo oficial, já que dominar o próprio idioma é responsabilidade de todo roteirista, mas um roteirista inteligente sempre vai ter um revisor a postos, seja aquele amigo que é bom em gramática, seja aquele profissional com quem vc tem um relacionamento bacana.

2. SCRIPT EDITOR

Entre suas responsabilidades está o de encontrar e ajudar roteiristas a desenvolverem conteúdo a partir de logline, sinopses ou até mesmo de uma idéia. Ao contrário dos roteiristas, que na maior parte das vezes são freelancers, o Script Editor é funcionário fixo da produtora e trabalha lado a lado com os produtores, muitas vezes levando as exigências e notas dos executivos para os roteiristas e ajudando-os a incorporar o feedback no texto. Ele é como um editor de livros, ele vai cortar cenas, personagens, linhas narrativas inteiras se não estiverem servindo a história. Ele é o filtro entre o que sai da mente perturbada do autor e o que chega no produto final.

 

3. SCRIPT DOCTOR

Diferente do Script Editor, o trabalho do Doctor é muito menos invasivo. Se o Editor é um cirurgião com seu bisturi pronto para arrancar pedaços da trama, o Doctor é o cara que vai transformar o seu roteiro na melhor versão possível dele mesmo. Ele pode reescrever ou pode apenas sugerir as mudanças, mas em ambos os casos o trabalho é invisível. O Script Doctor não é creditado no filme, ele é contratado por roteiro avulso e depois vai embora, assim como um Ghost Writer.

 

4. SCRIPT SUPERVISOR
Outra vaga fixa de produtora. O Script Supervisor trabalha no set e ele é quem tem a responsabilidade de se certificar que os atores estão entregando as falas do jeito que o roteirista as escreveu, ou do jeito que o diretor quer. Ele acompanha a gravação, anota o timecode de cada take e identifica o take que o diretor escolheu. Essa informação depois é passada para o montador iniciar a montagem do filme. No Brasil essa função é dividida entre o Assistente de Direção e o Continuista, mas aqui na América do Norte o Script Supervisor está presente em TODOS os sets.

5. SCRIPT READER

O Reader é o leitor oficial. Ele pode trabalhar tanto para uma produtora, estúdio ou agência. Seu trabalho é basicamente ler roteiros e separá-los em duas pilhas: Os que passam para avaliação e os que vão direto pro lixo.  Uma dica: A pilha do lixo é muito maior. Como os produtores não têm tempo de ler roteiros o dia todo, esse trabalho cai nas costas do Reader. É um cargo de entrada, ocupado em sua maioria por estudantes ou recém formados buscando uma entrada no mercado. Trabalhar como reader - as vezes até de graça - é uma ótima forma de saber exatamente o que o mercado está buscando.

 

6. GHOST WRITER

Se você não tem o ego inflado e quer apenas ser pago para escrever, talvez Ghost Writer seja o trabalho pra você. Muita gente tem idéias e histórias pra contar mas não sabe, ou não consegue escrever. O Ghost Writer é aquele que transforma histórias contadas em histórias escritas. Sabe aquele youtuber que ficou famoso mesmo sem ter talento pra nada? Ele precisa de um Ghost Writer para escrever o livro pra ele. Deficientes físicos, pessoas que não conseguem fisicamente escrever ou digitar precisam de um ghost writer. O seu trabalho aqui é contar a história da pessoa da melhor forma possível.

 

7. COPYWRITER

Roteirista também trabalha com marketing e publicidade. O Copywriter é especializado em vendas. Ele entende de metalinguagem e saca tudo sobre a forma como a mente humana processa informação. Normalmente o copywriter é contratado para convencer o público a agir, seja comprando um produto ou serviço.

 

Muitos roteiristas começam em outras funções até conseguirem entrada suficiente para emplacar um roteiro próprio. O mercado é muito maior do que o pouco que a mídia cobre. Ao contrário de atores e diretores, roteiristas não são considerados celebridades, salve raras exceções. 99% dos roteiristas empregados hoje são completamente desconhecidos do público em geral, por isso lembre-se, só porque você não enxerga a vaga, não quer dizer que ela não exista. As oportunidades estão lá fora.

 

Onde você se encaixa mais? Quais são seus pontos fortes? Deixe seu comentário e opinião e compartilhe o Roteirista Empreendedor com seus amigos. Isso nos ajuda muito.

 

Please reload

O MELHOR PONTO DE PARTIDA

PARA NOVOS ROTEIRISTAS

Contato

Av. Bernardo Vieira de Melo, 2143 lj 07 

cxpst 023, Jaboatão dos Guararapes-PE

54410-010

roteiristaempreendedor@gmail.com

  • Branco Facebook Ícone
  • Branco Twitter Ícone
  • Branca Ícone Instagram

© Copyright 2015 Roteirista Empreendedor

Labonia Photo & Video LTDA. - www.roteiristaempreendedor.com

Contato Imprensa e Apoio - roteiristaempreendedor@gmail.com