ROTEIRISTA

EMPREENDEDOR

Vamos fazer uma Parceria?

06.08.2017

 

Essa é uma das mensagens que eu mais vejo nos grupos de escritores que faço parte. Por que? Hoje vamos falar um pouco sobre como identificar uma cilada, e como propor uma parceria lucrativa e duradoura.

 

Acho que a primeira coisa que eu pergunto quando vejo alguém propondo "parceria" é "por que?". Por que você precisa de um parceiro? Pode parecer uma pergunta estúpida, mas diz muito sobre a pessoa que posta o anúncio. Das duas uma, ou a pessoa não sabe escrever e quer alguém para escrever por ela, ou a pessoa acredita que outra pessoa vai elevar a qualidade do texto, o que na maioria das vezes tem o efeito contrário. Quando mais gente metendo a mão no texto, pior ele fica. Sabe aqueles filmes de hollywood que têm 20 roteiristas? pois é...

 

Eu fico perplexo por ver muitos iniciantes buscando parcerias, quando na verdade deveriam estar estudando e se especializando. Eu não estou falando de estudo formal, de cursos e faculdades, falo do bom e velho google mesmo. Digo isso porque dificilmente um iniciante vai ter algo para contribuir com a "parceria", entende o que eu quero dizer?

 

Vamos aprender como propor e como levar adiante uma parceria de sucesso!

1. TENHA UM PLANO.

A grande maioria que propõe parceria manda o mesmo papo: "não tem grana, mas se ganharmos um prêmio, dividimos entre todos." Não acredito que seja por maldade - as vezes é - mas sim porque muita gente não tem idéia do que isso significa. Quanto você acha que é um prêmio em um concurso de roteiro? Será que é suficiente para bancar o trabalho de duas pessoas? A resposta é não. Por isso, quando for propor uma parceria, TENHA UM PLANO. vai entrar em Festival? Qual? Quem vai pagar as entradas dos festivais? Como serão divididos os créditos? Se um dos dois morrer ou desistir, o que acontece com o projeto? Qual a estratégia de venda? Como vc pretende gerar lucro com ele? Quais são as obrigações de cada um? Se você não tem todas essas respostas, você não está pronto ainda.  O que me leva para a segunda questão.

 

2. VOCÊ PRECISA MESMO DE UM PARCEIRO?

"Ah, Labonia, mas seu eu tiver que fazer tudo isso não preciso de parceiro." Exatamente! Será que você realmente precisa de um? A vida do roteirista já é difícil o suficiente como independente, o fato de você precisar da assinatura de outra pessoa para cada festival, cada concurso que for participar só complica as coisas. Prêmios são poucos e são suficientes para uma pessoa. Dividir esses prêmios pela metade só prejudica os dois. Além disso, oportunidades que aparecem são para autores INDIVIDUAIS. Bolsas em escolas, ou cursos internacionais são oferecidas para uma pessoa apenas. Alguns concursos hoje suportam equipes de escrita, mas isso só significa mais documentação e mais papelada exigida.

 

3. OFEREÇA ANTES DE PEDIR.

Quando você chega simplesmente pedindo uma parceria, parece que você é alguém que não tem a menor idéia do que fazer e precisa de outra pessoa para guiar o caminho. Se esse for o caso, você contribui em que para o outro roteirista? Se você não sabe nada, por que a outra pessoa precisaria de você? E não adianta dizer "Pelas minhas idéias" porque idéias não valem absolutamente nada. Antes de propor qualquer parceria, seja claro em dizer QUAL É O SEU PAPEL. Você é bom em que? Por que você vai ser valioso para outra pessoa? Você tem um talento excepcional? Se sim, repense o item 2. Mas caso vc ainda assim queira um parceiro, seja claro o que você oferece, o que você busca e qual o resultado que você espera alcançar.

 

4. QUEM COBRE OS GASTOS?

Certo, vc fechou uma parceria e vocês esperam ganhar alguns prêmios. ótimo! Mas calma lá. Até ganhar o prêmio existe uma longa jornada que pode custar uma graninha. Quem vai arcar com esses custos? Além do tempo que cada roteirista está doando para o projeto, existem alguns gastos pelo caminho, caso vocês queiram realmente maximizar suas chances. Uma consultoria profissional é uma delas. A tradução do roteiro. A taxa de inscrição dos festivais, que quando acumuladas em dólar acabam custando caro. Um bom festival de roteiro que oferece prêmio em dinheiro custa em média 35-50 dólares. Algo em torno de 100-150 reais cada. Se os gastos forem divididos meio a meio, esse planejamento deve ser feito ANTES, para que ambos saibam exatamente quanto terão que investir e se o prêmio cobre todos esses gastos.

 

5. FAÇA UM CONTRATO

Uma parceria é um contrato de trabalho não remunerado e deve seguir as mesmas regras de um contrato de trabalho comum. Tudo deve estar no papel, as obrigações e direitos de cada um, divisão dos lucros e despesas, quem tem o poder de assinatura para representar o projeto. Quem pode vender o projeto ou quem pode comprar a parte do outro. A parceria inclui futuros trabalhos ou apenas esse? Qual a data de início e término do contrato? Se houverem disputas, onde elas podem ser sanadas? Qual a estratégia do projeto? Quanto vai ser o investimento de cada um e quanto cada um vai receber de volta? Tudo isso deve estar datado e assinado pelas duas partes ANTES de começarem a parceria. No Brasil, principalmente, muita gente vai tentar de convencer que essa parte é uma "burocracia inútil". não caia nesse papo. Se alguém se recusar a assinar um contrato, CORRA!

 

6. NÃO FINJA SER ALGO QUE NÃO É.

A regra de ouro das parcerias é ser sempre sincero e honesto quanto a que você é e o que você quer. não se apresente como "Produtor" ou "Dono de uma Produtora" se você não for. não finja que faz e que acontece se não tiver material para comprovar. A verdade sempre vem a tona e em era de Google, só não desmascara os charlatões quem não quer. Vejo MUITO isso por aí, gente que nem é da área e se apresenta como roteirista, produtor, diretor, etc. Se você QUER ser alguma dessas coisas, seja sincero. "Pessoal, não tenho experiência mas tenho muita vontade de produzir um curta." Eu garanto que uma mensagem assim atrai muito mais gente do que uma do tipo "Sou um produtor de sucesso em busca de revelar um novo talento". A segunda levanta muitas perguntas. Produtor de sucesso? Tem portfólio? Tem pagamento? Aliás, se o cara se apresenta como "produtor de sucesso" e pede uma parceria, desconfie de cara. Produtor de sucesso contrata e paga seus roteiristas. Seja honesto e você vai atrair gente honesta como você. Seja mentiroso, e você vai atrair mentirosos como você. Se as pessoas já sabem que você é iniciante, elas vão embarcar na sua sabendo exatamente o que esperar, mas se você disser que faz e que acontece, vai criar expectativas irreais que vão terminar em raiva e frustração.

 

7. ANTES DE AJUDAR, SE AJUDE.

Não acredite naquele que diz que essa é uma "grande oportunidade para você". Há menos que esse cara tenha sucesso comprovado, isso é um código para "quero explorar seu trabalho sem te pagar". Se essa é uma oportunidade tão grande, por que a pessoa não aproveita sozinha? Por que arrastar um desconhecido junto? Se você acha que sabe, primeiro faça antes de pedir ajuda.

 

8. DIREITOS AUTORAIS E PATRIMONIAIS.

Escrever em dupla não significa o dobro do pagamento, e sim a metade! Sim, pois quando se forma uma dupla de roteiristas, os dois recebem o mesmo que um roteirista receberia. Para todos os efeitos, a "dupla" é tratada como um único profissional. É justamente por isso que você vai ver tantos CASAIS ou IRMÃOS roteiristas no mercado. É o tipo de parceria que tem tudo pra dar certo, já que o dinheiro todo termina no mesmo lugar de qualquer forma. Irmãos Coen, irmãos Nolan, Irmãs Wachovski. Todos começaram dividindo o cachê. Outro ponto é como ficam os direitos patrimoniais. Se você é roteirista e produtor e seu parceiro é só roteirista, talvez a divisão não seja exatamente meio a meio. E se não for, o dono da maior parte tem poder de assinatura, ou seja, ele não precisa da autorização do parceiro para comercializar ou negociar a propriedade, mas cabe ao parceiro a sua porcentagem nos lucros, já que direitos autorais são inalienáveis.

 

9. BUSQUE ALGUÉM QUE QUEIRA O MESMO QUE VOCÊ.

Parcerias falham quando cada um teme expectativas diferentes. Se um está animado e o outro não acredita muito no projeto, a parceria falha. Pra dar certo é preciso que os dois estejam na mesma página, com o mesmo vigor, se dedicando sem falhas ao projeto. Ninguém quer um parceiro procrastinador, ou que necessita de longos períodos de descanso. Se você preza mais pela praia do fim de semana do que pelo projeto, você o tipo errado de parceiro. Parceria é como um casamento. Quando dá certo dura pro resto da vida.

 

10. IDÉIAS NÃO VALEM NADA.

Só pra repetir o que eu já falei lá em cima. Idéias não tem valor nenhum. O que tem valor é COMO você executa essa idéia. MUITA gente ainda tem dificuldades em entender isso. Eu vou dar um exemplo bem prático. EU TENHO UMA IDÉIA GENIAL. UM CARRO MOVIDO A AR. Genial, certo? Mas aí alguém chega pra mim e pergunta: "Legal. como ele funciona?". "Não sei. aí você vê". Entendeu a questão? Só dizer que sua idéia é genial não significa nada se você não for capaz de executar essa idéia. E se você tem CERTEZA que a idéia é valiosa, não deve ter problemas em investir nela e CONTRATAR um segundo roteirista ao invés de propor parceria.

 

Quando você CONTRATA alguém de forma remunerada, você é DONO de todo o trabalho que aquela pessoa realizou sob contrato. Isso lhe garante controle total sobre a obra. Tudo o que os roteiristas da Disney escrevem pertence a DISNEY e não aos roteiristas. Tudo o que a globo lhe paga pra escrever pertence a ela e não a você. É muito mais fácil, barato e seguro contratar um profissional negociando um cachê mais baixo do que ceder metade da sua propriedade intelectual para o resto da vida.

 

Os TIPOS DE CONTRATO entre roteiristas e produtores eu vou deixar para um OUTRO artigo.

 

Se você gostou, se ainda tem mais dúvidas, deixe sua pergunta, comentário ou crítica. aqui ou na nossa fanpage. Não esqueça de curtir e compartilhar nossa página.

 

 

 

Please reload

O MELHOR PONTO DE PARTIDA

PARA NOVOS ROTEIRISTAS

Contato

Av. Bernardo Vieira de Melo, 2143 lj 07 

cxpst 023, Jaboatão dos Guararapes-PE

54410-010

roteiristaempreendedor@gmail.com

  • Branco Facebook Ícone
  • Branco Twitter Ícone
  • Branca Ícone Instagram

© Copyright 2015 Roteirista Empreendedor

Labonia Photo & Video LTDA. - www.roteiristaempreendedor.com

Contato Imprensa e Apoio - roteiristaempreendedor@gmail.com