ROTEIRISTA

EMPREENDEDOR

Como Realizar uma Campanha de Crowdfunding com sucesso?

20.03.2018

 

Financiamento coletivo é uma forma de financiamento audiovisual que ao invés de exigir dinheiro de  impostos, busca a doação e o investimento dos próprios fãs para levantar a quantia necessária. Muita gente ainda enxerga o crowdfunding como uma caixa misteriosa, onde apenas os "sortudos" conseguem resultados. A verdade é que crowdfunding é uma ciência, Sorte não é um fator determinante no sucesso ou no fracasso de sua campanha. Quem disse isso não fui eu, foi Emily Best, CEO da plataforma de crowdfunding SEED & SPARK.

 

Crowdfunding, ou Financiamento Coletivo, como e chamado no Brasil, nada mais é do que incentivar os seus fãs a doarem dinheiro para a realização de um projeto que eles julguem interessante. Parece simples, mas a realidade é que até chegar no crowdfunding, existe um longo caminho que a maioria ainda ignora.

 

Antes de chegar na plataforma, o projeto precisa angariar tração junto ao público que pretende atingir. Não basta simplesmente colocar um video pedindo dinheiro e rezar. É preciso entender que, como qualquer tipo de financiamento, você precisa ter um plano de negócios sólido. É preciso mostrar por A+B que você tem um projeto sólido nas mãos, que sabe exatamente como executa-lo. Da mesma forma que quando você participa de um edital você tem que ter um plano de execução, aqui é a mesma coisa. A única diferença é que seus investidores são o seu público.

 

Quando você começa a tratar seu público como potenciais investidores, você vai entendendo o que eles querem receber como garantias e recompensas pelo investimento. Você não pode simplesmente pedir dinheiro em troca de uma camiseta. Ele quer sentir que contribuiu com algo que ele mesmo vai poder aproveitar depois, principalmente se essas recompensas incluírem participação nos ganhos do projeto.

 

Emily, que se tornou especialista em crowdfunding já esteve dos dois lados do espectro. Como produtora, ela teve campanhas de sucesso que financiou seus projetos pessoais. Como empresária, ela hoje ensina os segredos de uma campanha bem sucedida e é sobre isso que vamos falar hoje.

 

Vamos começar pelo básico. Não adianta você fazer um video fantástico para a sua campanha se ele não atinge o seu público. É SUA RESPONSABILIDADE gerar o trafego necessário para fazer sua campanha andar e isso se faz conhecendo o público que você quer atingir e sabendo como encontra-lo. Se você fizer um video e ficar esperando o investimento dos outros, é bem provável que você fracasse.

 

Seus primeiros doadores devem ser sua família e amigos imediatos. Se nem eles investem em você será difícil convencer estranhos a investirem. Estranhos querem ver tração e momentum na campanha. Eles querem ver que outras pessoas já investiram no seu projeto antes de tomar uma decisão. Por isso é importante você saber como você convence as pessoas que já te conhecem a investirem em você.

 

Seus amigos e familiares acompanham você faz tempo e se você tiver um histórico de começar projetos e abandona-los, eles provavelmente não vão acreditar em você. Confiança é algo que se conquista no longo prazo e se quem te conhece não aposta em você, sua missão já fica muito mais difícil.
 

Antes mesmo de pensar em uma campanha de crowdfunding, é importante primeiro de tudo, criar uma "crowd" para consumir seu projeto. É importante que você tenha uma base de seguidores que já acreditam no seu trabalho e que realmente querem ver o seu novo projeto ganhar vida. Assim, no momento em que você lança sua campanha, você não depende só da sua mãe, do seu tio e dos seus amigos de faculdade. Você precisa ter uma galera que represente pelo menos 25% do público contribuinte do seu projeto.

 

Segundo Emily, Redes Sociais nada mais são do que uma ferramenta para atingir o seu público, mas de acordo com os dados da SEED & SPARK, a maior taxa de conversão de investimento em projetos vem através de emails diretos. 

 

Existem as pessoas que você consegue atingir DIRETAMENTE, isso significa por email direto, inbox do facebook, direct messages do Twitter, são as pessoas que você consegue deixar o seu projeto dentro da inbox da pessoa.

 

Existem as pessoas que você não sabe quanto vai atingir, elas estão nas mídias sociais. Se você tem 1000 seguidores no twitter e você "tuíta" algo, não existe nenhuma garantia de que aquelas 1000 pessoas vão ver o seu tweet. mesmo com dezenas de milhares e seguidores, só deus sabe como o algoritmo do facebook vai levar seu post para todo mundo, se é que vai. Você pode postar, mas a grande maioria dos seus seguidores não vão ver.

 

E existem as pessoas que nem sabem que você existe. Esse é o grande público. Seu objetivo é aumentar o número de pessoas que assinem sua lista de email. Essas são as pessoas que estão realmente interessadas em receber seu conteúdo. As Redes Sociais são uma ótima ferramenta para fazer com que as pessoas conheçam seu trabalho, mas é preciso converter o fã do face em um cliente, e você faz isso trazendo ele para o seu circulo direto, sendo amigo no face, ou conseguindo o email dele.

 

na hora de enviar o convite para sua campanha de crowdfunding, seja o mais direto possível. Ninguém está interessado na sua história, nem em saber por que esse projeto é importante pra você. Se atenha ao principal: 

 

* Por que eu?

Seja direto dizendo porque você é a pessoa mais indicada pra realizar esse projeto? Você tem uma vivência diferenciada do tema? Tem um ponto de vista único que ainda não foi explorado? Seja breve!

 

* Por que agora?

O assunto está em alta? O mercado está favorável? O dolar baixou? Seja qual for o motivo, seja bem claro ao definir porque é importante que esse projeto seja lançado nesse momento. Por que o mundo precisa disso agora?

 

* Por que esse projeto?

O que faz o seu projeto diferente de todos os outros? O que seu projeto oferece que os outros não oferecem? Você não vende o seu produto, você vende o seu diferencial.

 

* Por que você?

Por que aquela pessoa deveria se importar? Por que é importante que VOCÊ apoie esse projeto? O que você tem a ganhar com isso? O que você oferece em troca do seu investimento?

 

Lembre-se. INVESTIMENTO NÃO É DOAÇÃO. Em todo o email que você enviar, inclua links para o compartilhamento fácil no twitter e no facebook. Muitas pessoas contribuem não com dinheiro, mas se tornando uma compartilhadora do seu conteúdo, o que acaba aumentando o seu alcance nas mídias sociais.

 

Certo. você conseguiu um número alto de contatos diretos. Tem muitos seguidores e conseguiu mandar o convite da campanha para um monte de gente. mas e agora?

 

Quando o assunto é a campanha em si, Emily é incisiva. A maioria dos projetos falha porque não entendem qual a função de um video de crowdfunding. Muita gente ainda acha que as pessoas se importam com motivos e razões, com o sentimento que existe por trás. O único sentimento que importa para o seu investidor é ver que você e todos os envolvidos estão muito empolgados e confiantes com o projeto.

 

É preciso ser muito sincero e honesto. O público sente quando está sendo manipulado. Ninguém é bobo. Não apele para sentimentalismo barato, muito menos se vitimize para conseguir apoio. As pessoas devem doar não por pena, mas porque acreditam no potencial do projeto.

 

O seu vídeo campanha deve mostrar você e sua equipe, como cada um vai contribuir com o projeto e mostrando as competências de cada um. Não basta só DIZER o que você vai fazer, é preciso PROVAR que você não só SABE fazer, mas que é MELHOR que os outros fazendo isso. Se você é um diretor, por exemplo adicione alguns planos, ou uma cena que você dirigiu, mas que demonstra o resultado que você pretende atingir. Se você é roteirista ajuda se o roteiro em questão já tenha acumulado alguns prêmios em festivais ao redor do mundo. isso mostra que é um projeto que já teve uma boa recepção ainda na fase de roteiro. isso aumenta a confiança na sua campanha.

 

E finalmente, o video precisa ser curto, intrigante, deve mostrar que você e sua equipe sabem o que estão fazendo e deve transmitir um sentimento bem específico. É preciso mostrar que esse projeto JÁ ESTÁ ACONTECENDO, com o sem a sua ajuda. Vocês não estão pedindo dinheiro pra começar nada, essa fase já é a fase final do desenvolvimento, e que não tem mais volta. o projeto VAI SAIR DO PAPEL. A diferença é que com a sua ajuda ele pode ser MUITO MELHOR.

 

Antes de começar sua campanha, é preciso arrecadar o seu montante inicial. Pessoas que você tem certeza de que vão contribuir. Você vai conversar com essas pessoas e basicamente vender seu projeto pra uma de cada vez, de forma personalizada. Você consegue com que essa pessoa se comprometa a investir, descobre com quanto ela vai colaborar e calcule quanto você vai ter no seu DIA 1 de campanha. Isso é muito importante.

 

Agora vem a parte das CONTRAPARTIDAS. é onde você tem que oferecer mais do que DVDS do filme, camisetas e bugingangas. É preciso dar ao investidor uma VANTAGEM que ninguém mais vai ter. Receber uma camiseta que qualquer um pode comprar no seu site não é vantagem.

 

Se você é uma pessoa criativa - o que eu espero que seja - vai ser criativo na hora de criar suas contrapartidas, e como você pode ainda ganhar com essa contrapartida.

 

Quem investe em cinema, TV ou audiovisual quer sentir que fez parte de algo grande, que faz parte da família. Por isso você deve trata-los como tal. Pros investidores da sua cidade, um coquetel de lançamento com exibição do filme exclusiva para equipe, elenco e investidores. Convide seus investidores e dêem a eles uma oportunidade de conhecer e tirar fotos com o elenco, de tirar fotos nos posters e materiais promocionais.

 

Em um evento como esse, você faz bem em convidar alguns blogueiros, alguns membros da mídia impressa e digital, que vão registrar o seu evento e divulgar aquelas imagens em seus respectivos canais.

 

Tenha um item EXCLUSIVO para elenco, equipe e investidores. Uma camisa que não será vendida, um moletom exclusivo do filme, um boné exclusivo, bolsas, mochilas, enfim. Dê a eles algo que só eles vão ter. Mas ao mesmo tempo, tenha  uma outra opção para o público geral.

 

Para os seus investidores TOP, créditos de Produtor Executivo e uma pequena fatia do bolo. Uma porcentagem por cada dvd, camiseta, boné e poster vendido. Converta o máximo possível do lucro da venda de material promocional para os seus investidores. São eles que vão pagar o seu cachê.

 

E por falar em cachê, vamos dar uma arranhada no assunto ORÇAMENTO. Antes mesmo de conceber uma campanha de crowdfunding, é preciso saber exatamente quanto você vai gastar. É preciso mostrar para os seus investidores que você sabe exatamente quanto esse projeto vai custar e que cada centavo investido vai ser convertido no filme e nos seus profissionais. Não há nada pior para um artista do que fazer uma campanha cara e entregar um produto medíocre. Se você faz isso, pode ter certeza que nunca mais você faz outra.
 

No seu orçamento, Tudo, inclusive o cache de todos os profissionais envolvidos devem estar descriminados na sua pagina de campanha. Seu orçamento deve também incluir os seus gastos de contrapartida, coquetel de lançamento, camisetas e tudo mais.

 

Quando tudo é feito de forma clara e transparente, a coisa anda.

 

Você tem interesse nesse tema? Quer ver mais conteúdo relacionado? Curta e compartilhe esse post nas suas redes sociais, deixe um comentário também, que eu faço uma série de posts detalhando mais todo o processo de crowdfunding.

 

 

 

 

 

Please reload

O MELHOR PONTO DE PARTIDA

PARA NOVOS ROTEIRISTAS

Contato

Av. Bernardo Vieira de Melo, 2143 lj 07 

cxpst 023, Jaboatão dos Guararapes-PE

54410-010

roteiristaempreendedor@gmail.com

  • Branco Facebook Ícone
  • Branco Twitter Ícone
  • Branca Ícone Instagram

© Copyright 2015 Roteirista Empreendedor

Labonia Photo & Video LTDA. - www.roteiristaempreendedor.com

Contato Imprensa e Apoio - roteiristaempreendedor@gmail.com