ROTEIRISTA

EMPREENDEDOR

Cinema Independente Tire sua ideias do papel!

10.12.2018

 

Muitos roteiristas novatos encontram dificuldades em vender suas estórias para a indústria audiovisual, essas dificuldades variam desde preparação a falta de networking. Então é com criatividade e um senso empreendedor que alguns resolvem sair das dependências das grandes produtoras e irem atrás do Cinema Indie. Vamos ver hoje como usar o cinema independente para tirar suas ideias do papel?

 

Se eu disser para você que hoje muitos diretores, roteiristas, atores e outros profissionais saíram do meio independente, não estaria mentindo. As várias dificuldades que nomes como Quentin Tarantino, Christopher Nolan e Kevin Smith enfrentaram na produção de seus longas lá no começo de suas carreiras mostra como o cinema indie pode ser uma verdadeira escola para quem quer entrar em uma indústria que tem que aguentar bucha todos os dias.

 

Longas de baixo orçamento ensinam a adaptar nossas tramas, veja, para fazer um filme de ação com perseguições, tiroteios e explosões demandaria um  alto custo de produção, principalmente com efeitos especiais e dubles. Contudo com muito improviso, Robert Rodriguez, diretor de Sin City: A Dama Fatal, dirigiu seu primeiro longa, sem precisar a recorrer a produtoras e estúdios, e foi pela sua ousadia investida em El Mariachi que Hollywood vi-o com outros olhos, um filme de ação feito com 7 mil dólares, gravado com atores amadores, usando armas de brinquedo pintadas de preto chamou a atenção de grandes executivos, e que acabou rendendo projetos maiores ao diretor.

 

Como roteirista, aonde você se encaixa neste meio?

 

Assim como os grandes estúdios, emissoras de tv e produtoras independentes necessitam de bons roteiros, o cinema indie também precisa deles. Para os realizadores indies a falta de recursos não é um fator limitante, e sim um problema para ser contornado com criatividade. Cabe ao roteirista dar soluções inteligentes para suas tramas. Kevin Smithy, quando gravou sua comédia O Balconista teve dois obstáculos, o primeiro era que o filme se passava durante o dia, mas ele só poderia usar a locação durante a noite, o segundo, ele não tinha equipamento de iluminação. O diretor/roteirista improvisou na trama ao mostrar o portão vandalizado e o personagem colocando um cartaz enorme na janela, e apesar de ter uma função narrativa pequena, foi uma maneira de esconder o céu noturno. Já o segundo ele usou uma técnica comum, que foi empregada até mesmo nos primeiros longas de Nolan e de muitos filmes do mumblecore, que a de usar a luz comum e tornar o filme preto e branco, dando um estilo marcante a obra.

 

Se você tem vontade de escrever longas independentes saiba que um trabalho menos lucrativo que trabalhar com produtoras, geralmente o pagamento dos roteiristas é pequeno, mas muitas das vezes eles participam também como produtores e até diretores (nos casos dos mais autônomos) e por fim também repartem lucros, tais que podem vir de uma distribuição em segunda janela (streaming) e de festivais de cinema.

 

Trabalhar com o cinema indie é uma experiencia valida para todo roteirista iniciante, se você se interessou por este cenário, saiba que você pode encontrar realizadores do meio independente em todo lugar, já encontrei até na minha cidade natal, uma cidade pequena e rural, basta prestigiar alguns eventos culturais e se enturmar, provavelmente você encontrará pessoas disponíveis para realizar quaisquer tipo de filme, desde o trash até o drama e a comédia.

Please reload

O MELHOR PONTO DE PARTIDA

PARA NOVOS ROTEIRISTAS

Contato

Av. Bernardo Vieira de Melo, 2143 lj 07 

cxpst 023, Jaboatão dos Guararapes-PE

54410-010

roteiristaempreendedor@gmail.com

  • Branco Facebook Ícone
  • Branco Twitter Ícone
  • Branca Ícone Instagram

© Copyright 2015 Roteirista Empreendedor

Labonia Photo & Video LTDA. - www.roteiristaempreendedor.com

Contato Imprensa e Apoio - roteiristaempreendedor@gmail.com