Roteiro para Videoclipes


O trabalho de um roteirista vai muito além de escrever longas e séries, existem outros mercados para explorar, tais como rádio, publicidade e a música. Se você é um roteirista em começo de carreira muito provavelmente não conseguirá pagar as contas no fim do mês escrevendo para o cinema e para TV, então entra os trabalhos autônomos, ou freelas, e você não sabe como adaptar sua escrita para estes. Pois bem, hoje falaremos como escrever roteiro para clipes musicais.


Se você já assistiu algum clipe com performances, historinhas e tudo o mais e se perguntou: Como deve ser tudo isso no papel? Saiba que é muito diferente do tradicional roteiro padrão MasterScenes, desde estrutura a construção de cenas. Vamos ao processo criativo.


Primeiro o roteirista, a banda e o diretor do clipe se reúnem. Como se trata de um trabalho encomendado muito das imagens não dependeram apenas do roteirista. Veja, em um filme o roteirista escreve tudo, a ação, as falas, e outros elementos com função narrativa, mas aqui a musica chegou pronta, e basta que você adapte a letra ao contexto que ela será aplicada.


A estrutura também se difere do habitual, invés de termos um texto literário, temos duas colunas, a de vídeo e a de áudio, semelhante às usadas na publicidade e no rádio. Sendo que as linhas de vídeo devem bater com as de áudio, para que a ação não fique dessincronizada com a música.


Clipes geralmente são compostos de vários planos diferentes e de efeitos visuais, então a descrição tornasse um pouco mais técnica, outra diferença do roteiro literário de cinema, estes efeitos são idealizados principalmente pelo diretor e por outros profissionais que estiverem envolvidos na produção, então recaem pouco as decisões criativas sobre o escritor.


Já performances não entram no roteiro, ficando a cargo de instrutores.


A produção audiovisual voltada à música possui muitas liberdades que não encontramos no cinema e na televisão, dando maior autonomia para os diretores criarem em cima do áudio e inovarem em muitos aspectos, sendo assim o trabalho para o roteirista tornasse mais técnico e adaptativo, se assemelhando mais aos roteiros técnicos do que aos literários. Existem também táticas que ajudam a elaborar estes roteiros, como o AIDA usado muito pelos spots de rádio.


Escrever para indústria de videoclipes pode ser uma boa maneira de faturar alguma grana extra, enquanto outros projetos não deslancham, o bom roteirista sabe se adaptar a outros mercados, e ser versátil para qualquer trabalho. Você já sabia como escrever clipes musicais? Já participou como roteirista de algum? Conte para nós sua experiência nessa área. Entre no nosso grupo aberto e expanda a discussão. *Revisão por Bill Labonia

O MELHOR PONTO DE PARTIDA

PARA NOVOS ROTEIRISTAS

Contato

Av. Bernardo Vieira de Melo, 2143 lj 07 

cxpst 023, Jaboatão dos Guararapes-PE

54410-010

roteiristaempreendedor@gmail.com

© Copyright 2015 Roteirista Empreendedor

Labonia Photo & Video LTDA 16.722.838/0001-29

Todos os produtos e serviços online são entregues imediatamente.

www.roteiristaempreendedor.com

Contato Imprensa e Apoio - roteiristaempreendedor@gmail.com

  • Branco Facebook Ícone
  • Branco Twitter Ícone
  • Branca Ícone Instagram