ROTEIRISTA

EMPREENDEDOR

Como funciona o Plot Twist

08.04.2019

 

O plot twist é uma virada surpreendente que ocorre normalmente no terceiro ato, finais inesperados como Ilha do Medo ou O Sexto Sentido são os maiores exemplos de como é um plot twist, ele ajuda a engajar o publico que é pego de surpresa. Existem inúmeros casos de plot twist no cinema, porém, sempre existem aqueles que não funcionam direito e deixam a trama com um aspecto confuso e preguiçoso, então, como faço pra acertar um plot twist?


Antes de tudo, é bom ressaltar que o plot twist é uma quebra com as convenções narrativas, mas não deixa de se encaixar em algumas regras para poder funcionar corretamente e proporcionar o desejado impacto, para se fazer um é preciso ter o máximo de controle de uma trama antes mesmo de escrever a primeira linha do seu roteiro. Apesar de ser caótico, ele tem seus próprios métodos, um que eu gosto de ressaltar é o foreshadowing, e vou explica-lo.


O Foreshadowing é o caminho por onde se construi o plot twist, se eu pudesse resumi-lo em uma palavra atual seria Spoiler. Não, não é contar o que vai acontecer, mas adicionar pistas durante o caminho para criar uma coerência com o final, predestinar os acontecimentos com o protagonista. Veja, em Ilha do Medo a todo momento pequenas pistas que o personagem de Leonardo DiCaprio já esteve antes na ilha são dadas a todo momento, são personagens loucos que dizem o conhecer, informações desconexas e sem sentido e a própria historia de sua mulher.

 

A principio tais informações jogadas ao publico parecem ser confusas e não se casam com a trama em que ela ocorre, criando uma realidade diferente do qual o protagonista enxerga, e é assim que o filme evolui, vemos todo o enredo pelos olhos do personagem principal para no fim nos mostrar um ponto-de-vista diferente coerente com as pistas jogadas durante a trama.


O plot twist também pode ser usado com uma virada de ato, brincando com tropos e arquétipos dos filmes. Veja, em Psicose, Hithcock nos apresenta um filme de roubo, onde a mocinha é perseguida por policiais e tenta se esconder no Hotel Bates, contudo, a protagonista é morta no meio do filme na icônica cena do chuveiro pela mãe do Norman, então o filme recebe outros gêneros, se torna um horror mesclado com investigação policial, e vamos indo até o momento que outro plot twist acontece, a revelação que a mãe do Norman está morta e que ele se veste como ela para assassinar jovens mulheres. Alfred Hithcock consagrou o plot twist no Drama e no suspense como ninguém havia feito antes.


O que é comumente atribuído ao plot twist é o conceito de improbabilidade, e quando não é bem executado pode acabar enfurecendo o espectador, que sente-se tapeado. Muitos roteiristas erram ao achar que chocará a audiência apenas com final não esperado, mas o que eles não levam em consideração é a construção do universo e de sua lógica. Se impomos uma regra ao universo do roteiro e logo depois a descartamos sem motivo, perdemos credibilidade da mensagem. 
 

Please reload

O MELHOR PONTO DE PARTIDA

PARA NOVOS ROTEIRISTAS

Contato

Av. Bernardo Vieira de Melo, 2143 lj 07 

cxpst 023, Jaboatão dos Guararapes-PE

54410-010

roteiristaempreendedor@gmail.com

  • Branco Facebook Ícone
  • Branco Twitter Ícone
  • Branca Ícone Instagram

© Copyright 2015 Roteirista Empreendedor

Labonia Photo & Video LTDA. - www.roteiristaempreendedor.com

Contato Imprensa e Apoio - roteiristaempreendedor@gmail.com