ROTEIRISTA

EMPREENDEDOR

A Escaleta

03.07.2019

 

A Escaleta é uma das etapas pré-roteiro fundamental para estruturarmos nosso plot. Elaborada após a sinopse, e sendo a ultima fase antes de afundarmos no roteiro é importante para todo roteirista que queira ter um controle da sua historia. Sendo tão fundamental quanto o roteiro, vide que um não existe sem o outro, é um processo esclarecedor que nos ajuda em várias âmbitos da escrita audiovisual como definir o tamanho de uma cena, encaixar sequencias que deem melhor ritmo ao roteiro e descartar o dispensável.


Vamos começar por compreender o papel da escaleta, além de tudo que foi dito acima, ela serve principalmente para nos colocar no eixo, isto é, em vez de criarmos cenas desordenadamente no primeiro tratamento, já temos conhecimento de todas elas de antemão, estabelecendo coesão na historia e a função narrativa de cada cena e de cada sequencia. 


A escaleta não serve para definirmos os pontos de virada e o clímax, isso nós definimos antes, lá na sinopse, sua aplicabilidade é a de construir a ponte entre estes momentos marcantes, espalhar as pistas, construir os personagens, definir as ações cruciais.
E então sem mais enrolação, vou mostrar como escrever uma escaleta. Suponhamos que temos um filme de 120 minutos, o que gera em torno de 100 cenas ao longo do filme, cenas que variam de tempo, podendo ser segundos de tela, ou minutos a fio. Também já definimos os nossos momentos, as viradas, o Fun-and-Games, All is Lost e o clímax. Bom, já temos todos estes momentos e o numero de cenas ideal para construirmos nosso roteiro, e então entramos na escaleta. 


A escaleta é que nem o roteiro em sim, tem o cabeçalho formado com INT/EXT. locação e o período do dia. E então pegamos e resumimos a cena com algumas poucas linhas, falaremos direto ao ponto, sem diálogos – estes serão desenvolvidos apenas no roteiro – Quase como se fosse um argumento, mas cena por cena. Veja um exemplo abaixo feito por mim:


INT. SC&P / Sala do Don – Dia
Don Drapper está deitado no sofá tirando um cochilo. Roger Sterlling entra sem bater acordando Don, ele precisa falar urgentemente com ele. Don se levanta confuso. Roger fala que a McCann irá absorver a SC&P. Peter, Joan e Jim Cutler entram também, todos estão preocupados com a notícia. 


Muitos roteiristas iniciantes subestimam a escaleta, veem como um processo chato e desnecessário, e eu até posso concordar com um ponto, mas não com o outro. Claramente novos autores sentem uma euforia no momento de escrever e se julgam no controle, como donos da daquela história é mais do que importante saberem o final, e eu sei que todo mundo já cria um roteiro com um final pronto em mente, contudo, o que perdemos é miolo, o meio da história, é muito fácil começarmos a escrever sem nenhuma orientação em mente, mas pode ter certeza, sem o planejamento necessário após 30, 50 páginas você irá estagnar, não vai conseguir ir pra frente, mesmo vendo o fim do caminho. 
 

Please reload

O MELHOR PONTO DE PARTIDA

PARA NOVOS ROTEIRISTAS

Contato

Av. Bernardo Vieira de Melo, 2143 lj 07 

cxpst 023, Jaboatão dos Guararapes-PE

54410-010

roteiristaempreendedor@gmail.com

  • Branco Facebook Ícone
  • Branco Twitter Ícone
  • Branca Ícone Instagram

© Copyright 2015 Roteirista Empreendedor

Labonia Photo & Video LTDA. - www.roteiristaempreendedor.com

Contato Imprensa e Apoio - roteiristaempreendedor@gmail.com