ROTEIRISTA

EMPREENDEDOR

Queda e Ascensão

16.09.2019

As narrativas clássicas eram dividas entre dois gêneros: Tragédia e Comédia, o que ditava qual dos gêneros uma história se encaixava era principalmente o final, se no fim o personagem morre, é uma tragédia, se ele permanece vivo, uma comédia. Esta perspectiva dicotômica surgiu na Grécia antiga, berço da dramaturgia, claro que hoje temos mais gêneros para encaixar uma trama, mas vejamos a evolução das classificações antigas

.
Durante o desenvolvimento do teatro grego, as tragédias tinham fundamentalmente vinculo com os mitos, alguns deles conhecidos até hoje, como o Minotauro e a Jornada de Hércules. Enquanto que para comédia resguardava os assuntos da polis, ou seja, críticas politicas abertas e diálogos mais cotidianos. 


Focaremos a principio na tragédia. Este clássico gênero poderia ser dividido por dois tipos de momento, Ascensão e Queda, onde o personagem começaria em uma posição baixa e progrediria até chegar ao seu ápice, dando-lhe alguma vitória ou recompensa, seguido depois de uma progressão negativa, acabando quase sempre em uma morte ou um castigo eterno.


A estrutura da Ascensão e Queda foi popular por centenas de anos, saindo da Grécia até chegar em Shakespeare – com seus dramas políticos – mas então chegamos à idade moderna, onde surgi o cinema e o entretenimento de massa.
Desde sempre que o cinema bebe das grandes fontes da dramaturgia teatral, com adaptações e estruturas inspiradas nos grandes clássicas – tal como A Jornada do Herói – Todavia, as estruturas de Ascensão e Queda seriam ainda aplicáveis? 


Para a surpresa geral – ou de ninguém – sim!


Esta estrutura está intrinsecamente ligada a gênese do drama, e pode muito bem ser usada em qualquer filme contemporâneo. Mas se atente, hoje temos variações, uma história que termina com carga negativa quase sempre não é comprada bem pela audiência, estamos mais acostumados nos Happy Endings, ou no Felizes para Sempre, então por que não usar estes elementos de forma diferente.


Se classificarmos a estrutura tradicional dos 7 pilares da narrativa em momentos de Ascensão e Queda teríamos o seguinte esquema:


Ascensão – Queda – Ascensão.


Sim, temos dois momentos de Ascensão e um de queda, mostrando que o personagem pode começar com a vantagem, cair e se impor novamente, isto nos mostra uma linha evolutiva mais humana, sendo que nas narrativas clássicas o personagem já começa com vantagens sobre-humanas, afastando o reconhecimento da audiência com o protagonista.


Vivemos em uma época em que queremos nos ver representados em tela, e não acompanhar uma jornada de um ser perfeito.
Existem roteiristas que classificam roteiros de infinitas maneiras usando estes dois momentos. Como:


Ascensão – Queda;
Queda – Ascensão- Queda;
Ascensão – Queda – Ascensão – Queda.


E por aí vai, até mesmo as histórias bíblicas bebem dessa fonte, como a história de Davi e Golias, que segue o ultimo esquema montado acima. Quer um exemplo de uma história contemporânea que aplica este esquema, que tal pegarmos Joker
Até o momento de publicação deste artigo o filme Joker ainda não estreio em circuito comercial, o que vem a seguir é uma suposição.


O que vemos pelos trailers, que quase sempre recriam em menor escala a estrutura do filme é que o personagem principal começará em um momento de Queda, com um emprego que lhe paga mal, e diversos problemas, provavelmente ele terá uma leve Ascensão seguida instantemente de uma Queda, ao qual fará com que haja grandes mudanças em sua personalidade, talvez o primeiro passo pra insanidade, e então ele retorna em uma Ascensão triunfante. Veja como ficou o esquema:


Queda – Ascensão (momentânea) – Queda (drástica) – Ascensão (mudança de personalidade)


Basicamente um filme de auto-descobrimento, ou como muitos chama, de origem.
E então, você consegue dividir uma trama usando estes dois princípios básicos? E sobre o seu roteiro, qual esquema se encaixaria nele. Nos diga lá no grupo do Facebook.

 

Please reload

O MELHOR PONTO DE PARTIDA

PARA NOVOS ROTEIRISTAS

Contato

Av. Bernardo Vieira de Melo, 2143 lj 07 

cxpst 023, Jaboatão dos Guararapes-PE

54410-010

roteiristaempreendedor@gmail.com

  • Branco Facebook Ícone
  • Branco Twitter Ícone
  • Branca Ícone Instagram

© Copyright 2015 Roteirista Empreendedor

Labonia Photo & Video LTDA. - www.roteiristaempreendedor.com

Contato Imprensa e Apoio - roteiristaempreendedor@gmail.com