Os 9 Elementos de uma Boa Comédia Romântica.



Ao estudar o gênero das Rom-Coms - apelido carinhoso das Comédias Românticas - nós somos capazes de perceber alguns temas que os roteiristas nunca se cansam de usar. "os opostos se atraem", "Nunca julgue um livro pela capa", "Amor a primeira vista". Tudo vale para uma boa comédia romântica. Portanto, se você estiver se preparando para escrever o novo "Como se Fosse a Primeira vez" ou "A Proposta", deve conhecer esses nove elementos essenciais para todo roteiro que combina romance e comédia.


Dois Protagonistas Adoráveis


As comédias românticas dependem de um elemento crucial: dois personagens completamente adoráveis. Por sua própria natureza, as comédias românticas giram em torno de um casal romântico. E não importa o que está em jogo, situação ou cenário, o público tem que torcer por esses dois personagens.


Um Encontro Fofo (ou ... não tão fofo)


Essencial para o enredo básico de toda comédia romântica é o momento em que os personagens se encontram - também conhecido como: o encontro-fofo (Meet cute). Esta é a maneira divertida, inteligente, charmosa ou totalmente desastrosa que os dois personagens principais são apresentados um ao outro. E como os encontros são tão importantes para as comédias românticas modernas, os roteiristas devem criar uma interação original para servir de gênese para sua história de amor.


Talvez seja um encontro às cegas em um restaurante escuro como breu (Questão de Tempo) ou uma viagem de carro de 18 horas para a cidade de Nova York (Harry & Sally). Talvez seja até um comentário improvisado sobre uma banda no elevador do escritório (500 dias com ela). Independentemente da mecânica do encontro fofo, se os dois personagens principais não se encontrarem, não há história.


Embora você possa argumentar que nem toda comédia romântica tem um encontro fofo - e você está certo - eu diria que todas as comédias românticas têm algum tipo de momento de “primeiro encontro”, mesmo que seja simplesmente a primeira vez que o público se encontra os pombinhos em questão.


Uma Situação Única e Problemática.


O casal pode estar no centro das atenções, mas deve haver uma razão boa e interessante para eles estarem lá em primeiro lugar.


Em "A Proposta", é o fato de que Margaret basicamente chantageia seu assistente para que ele seja seu noivo, para que ela não seja deportada de volta para o Canadá. Em "Mensagem Para Você" é que Joe é dono de uma livraria que ameaça colocar a loja de Kathleen fora do mercado.


Chame isso de complicação, situação problemática ou conjunto de desafios intrincados, não importa a nomenclatura, deve haver algo que empurra seus personagens juntos e os separa (literal ou figurativamente), algo que põe seu relacionamento à prova.


Pelo Menos um Grande Coadjuvante


Há uma razão para que todos tenham um coadjuvante animal da Disney favorito.... Oh ... só eu? Bem, a Disney sabe o que está fazendo porque cada grande comédia romântica requer um coadjuvante incrível (ou dois).


Tem a inabalavelmente leal Marie em Harry & Sally, a hilária Ula ou o sempre flexível Doug em Como se Fosse a Primeira Vez e a amante Kit Kat em Questão de Tempo. Seus personagens principais devem ser adoráveis, mas seus personagens secundários devem ser absolutamente inesquecíveis.


Montagem Super Divertida.


Um dos componentes de "Save the Cat!" , a beat sheet do roteirista e produtor Blake Snyder é a seção Diversão e Jogos, que traz a promessa da premissa, ou seja, a essência do filme. Nas comédias românticas, o equivalente Fun and Games é o que chamei de "montagem superdivertida".


Na montagem super divertida, os personagens principais se conhecem, passam muito tempo juntos e / ou se apaixonam perdidamente. É quando Henry passa dia após dia inventando maneiras criativas de encontrar Lucy na beira da estrada (Como se Fosse a Primeira Vez), ou quando Charlotte Field e Fred Flarsky estão viajando ao redor do mundo e fazendo perguntas interessantes em cidades estrangeiras igualmente coloridas (Casal Improvável). Esta seção normalmente vem no início do segundo ato, quando a trama está crescendo, mas as apostas ainda não são muito altas. É, como você esperava, sempre super divertido.


Relacionamento em Risco.


Uma cena chave em toda comédia romântica é o momento em que o relacionamento central é posto à prova, levado ao limite que tudo corre o risco de desmoronar. Os personagens principais podem estar apaixonados, mas seu caminho para o "felizes para sempre" pode terminar em tragédia.


Veja Tim, que viaja de volta no tempo e acidentalmente perde o momento em que conheceu o amor de sua vida em About Time, ou a cena de partir o coração quando Lucy basicamente força Henry a ajudá-la a apagá-lo de sua memória em Como se Fosse a Primeira Vez. O maior desafio do roteirista é conduzir o relacionamento central direto para o precipício e, de alguma forma, criar uma maneira para os personagens principais escaparem ilesos dos destroços. Tarefa nada fácil, mas absolutamente essencial.


O Momento da Realização.


Embora os personagens não possam ser atingidos por uma nova ideia, por si só, o momento da realização é crucial para qualquer filme do gênero rom-com.


É quando Harry percebe que deveria estar com Sally. É o momento em que a mão de Mel vacila e ela não consegue assinar os papéis do divórcio em Sweet Home Alabama. É quando Pat corre atrás de Tiffany em Silver Linings Playbook, e o grande discurso improvisado de Cal na formatura de Robbie em Crazy, Stupid, Love.


Um Grande Gesto ou Linha Épica


"Você me conquistou no oi." "Como quiser." "Para que eu possa beijar você a qualquer hora que eu quiser."


Embora assumam uma variedade de formas, toda comédia romântica requer pelo menos um grande momento ou linha épica de diálogo que inevitavelmente chega ao trailer do filme. Imagine Cal construindo aquele moinho de vento no quintal para reconquistar Emily de David Lindhagen (Amor a Toda Prova). Pense em Nick seguindo Rachel no avião e propondo casamento no corredor de volta ao ônibus (Podres de Ricos). Ou lembre-se de Harry correndo pelas ruas de Nova York na véspera de Ano Novo para professar seu amor por Sally. Se você escrever um com-rom e não incluir o grande gesto ou a incrível linha romântica, você não escreveu uma rom-com.


Final Feliz


Quer o casal finalmente admita seus sentimentos um pelo outro, comece a namorar, se envolva, diga “sim” ou encontre um tipo diferente de final feliz, um "felizes para sempre" é a base de todas as comédias românticas.


Claro, sempre há exceções às regras - 500 dias com Ela não tem um final feliz; Amor a Toda Prova tem um conjunto completo em vez de dois personagens principais. Mas os roteiristas que esperam escrever a próxima comédia romântica inesquecível devem manter as regras do rom-com e nossos corações intactos antes de tentar desafiar as tropes do gênero.


by screencraft

O MELHOR PONTO DE PARTIDA

PARA NOVOS ROTEIRISTAS

Contato

Av. Bernardo Vieira de Melo, 2143 lj 07 

cxpst 023, Jaboatão dos Guararapes-PE

54410-010

roteiristaempreendedor@gmail.com

© Copyright 2015 Roteirista Empreendedor

Labonia Photo & Video LTDA 16.722.838/0001-29

Todos os produtos e serviços online são entregues imediatamente.

www.roteiristaempreendedor.com

Contato Imprensa e Apoio - roteiristaempreendedor@gmail.com

  • Branco Facebook Ícone
  • Branco Twitter Ícone
  • Branca Ícone Instagram